Florais de Bach

Desenvolvida por meio das observações do médico inglês Dr. Edward Bach, a criação da Terapia dos Florais nos traz uma interessante história sobre a ação do lado emocional nas enfermidades que acometem as pessoas. A percepção do Dr. Bach era de que a mente tinha um importante papel na saúde e na recuperação dos pacientes, por isso para encontrar a cura de determinada doença ele acreditava que era necessário identificar e curar os sentimentos que afligiam o indivíduo como um todo.

A visão do ser humano em seu contexto geral era o que movia as pesquisas do médico, que acreditava no tratamento do paciente e não apenas da doença. Ele vislumbrou que a forma como as pessoas reagiam à doença e ao tratamento eram importantes fatores para a cura.

Dessa forma, o Dr. Bach identificou 38 emoções negativas que seriam a base do desequilíbrio humano. Descobriu que a energia de algumas plantas estavam diretamente relacionadas a essas emoções e através do preparo inicial de duas soluções, compartilhou os resultados nos testes que realizou.

Dedicando-se a fundo a pesquisa, com o passar dos anos mais florais foram sendo descobertos e em 1934 o Dr. Bach completou sua coleção de 38 “Tinturas Mãe”, a base para o desenvolvimento do que conhecemos atualmente como os Florais de Bach.

A comercialização iniciou-se em uma pequena farmácia de homeopatia chamada Nelsons Natural World, que preparava, envasava e distribuía os florais, produzidos a partir das Tinturas Mãe fornecidas pelo Dr. Bach. Até os dias de hoje, a farmácia homeopática mais antiga da Europa continua a realizar esse trabalho, agora em maior escala, colaborando grandemente na propagação do projeto original.

Em 1936, ao término de suas pesquisas, o Dr. Edward Bach faleceu deixando seu legado à sua filha e a dois amigos, responsáveis por dar continuidade a sua obra. O conceito da pureza, simplicidade e acessibilidade às pessoas permanecem vivos e através da ampliação do conceito de Bach a terapia tornou-se mundialmente popular.

Mesmo após o falecimento do Dr. Bach, os princípios descritos nos seus estudos para a produção dos florais são respeitados e reproduzidos cuidadosamente. A casa onde viveu se tornou o Bach Centre, local onde as Tinturas Mãe são pessoalmente produzidas por uma pequena equipe composta pelas pessoas mais próximas ao projeto inicial e dirigida pela filha do médico, garantindo a qualidade e originalidade dos florais.

Existem dois métodos utilizados para produzir as Tinturas Mãe que são aplicados no Bach Centre. Um deles é o Método Solar, eficaz para cerca de 20 essências, onde as flores colhidas em seu auge são deixadas por 3 horas em água exposta ao sol até que sua energia seja completamente absorvida. Já as outras Tinturas são produzidas pela fervura das flores por cerca de 30 minutos. Após esse processo, é acrescentado ao líquido de ambos os métodos 40% de álcool destilado especialmente para a produção dos florais, que atua como veículo e como conservante do produto.

Os adeptos dos Florais de Bach acreditam que a terapia traga harmonia e possibilite a cura através do equilíbrio interior. Porém a academia não costuma fazer essa mesma leitura e o entendimento mais comum é de que seja, na melhor das hipóteses, um placebo eficiente. De todo modo, a Terapia com Florais não tem contraindicação e pode ser utilizada inclusive em crianças. Apresenta-se como uma ótima maneira de desenvolver qualidade de vida através do autoconhecimento e da compreensão do sofrimento pela sua essência.

Compartilhar esse arquivo
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Autor

Instituto Ortomolecular

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados são obrigatórios.