Iodo: Seu parceiro na regulação da Tireoide

O iodo é um mineral necessário para o funcionamento da tireóide, que por sua vez é um importante regulador do ritmo do seu metabolismo. Com quantidade equilibradas do iodo sua tireóide irá produzir dois hormônios importantes, o T3 e o T4. Eles são reguladores do ritmo do seu metabolismo e percorrem o corpo todo pela corrente sanguínea. Qualquer desequilíbrio afeta diversos órgãos do corpo, como o intestino, coração, cérebro, aparelho reprodutor além de músculos e ossos.

O hipotireoidismo é a condição dada pela falta de produção desses hormônios pela tireóide. Essa condição apresenta alguns sintomas como:

►Aumento da glândula (Bócio)
►Fadiga
►Depressão
►Queda de cabelo
►Ganho de peso
►Constipação
►Intolerância ao frio

Contudo, o hipotireoidismo pode ser causado tanto pela falta como pelo excesso de Iodo no corpo. Segundo o National Institute of Health a quantidade ideal de iodo é de 150 microgramas para homens e mulheres com mais de 19 anos, 220 para gestantes e 290 para mulheres que estão amamentando.

Assim você irá encontrar essa quantidade principalmente em:
►Algas marinhas
►Frutos do mar
►Leite e derivados
►Sal de cozinha
►Bacalhau Assado
►Carnes

Para você saber como anda sua tireoide, é necessário procurar um endocrinologista, ele irá solicitar exames específicos para fazer o diagnóstico. Além de avaliar a função da glândula, podem ser realizados exames de imagem e biópsia para se ter um diagnóstico mais preciso.

Portanto, tanto a deficiência quanto o excesso de iodo estão relacionados a problemas de saúde. O acompanhamento dos níveis de iodo no corpo é essencial para dosar corretamente o consumo de carnes, peixes, leite e derivados e principalmente o uso de sal de cozinha.

Compartilhar esse arquivo
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Autor

Instituto Ortomolecular

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados são obrigatórios.