Protocolo de Limpeza do Fígado e Vesícula Andreas Moritz

Idealizador do Protocolo de Limpeza do Fígado e Vesícula, um de seus livros mais famosos, Andreas Moritz, nascido em 1954 na Alemanha, foi um naturopata, escritor, artista e praticante da medicina ayurveda, shiatsu, iridologia e medicina vibracional. Logo na infância, Moritz enfrentou diversos problemas de saúde que o levaram, ainda jovem, a estudar a nutrição e a buscar um maior entendimento sobre o processo de cura.

Interessado em metodologias naturais, aos 20 anos, Andreas já era especialista em iridologia (diagnóstico através da íris). Aos 27 anos iniciou seus estudos na medicina ayurvédica na Índia e aos 34 já praticava o Shiatsu. Todos esses ensinamentos se correlacionaram no desenvolvimento de seus 14 livros sobre os mais diversos temas na área da saúde.

Andreas viajou o mundo pesquisando e dividindo suas ideias por meio de palestras e workshops. Ficou muito conhecido pela sua abordagem holística e pela utilização de metodologias naturais para a cura de doenças, mas principalmente por difundir a responsabilidade das pessoas em seu estado de saúde. O escritor das obras Vacinas, seus perigos e consequências (2011), Sinta-se bem, perca peso (2010), Cure com a luz solar (2010), O câncer não é uma doença (2008), Diabetes nunca mais! (2006), Acabar com o mito da AIDS (2006) e Passos simples para a saúde total (2006), faleceu em outubro de 2012 aos 58 anos, de causas ainda não esclarecidas.

De acordo com seus seguidores, Andreas deixou um legado, caracterizando o protocolo de Limpeza do Fígado e Vesícula desenvolvido por ele um de seus trabalhos mais importantes. A metodologia totalmente baseada em alimentos e compostos naturais garante a melhora do funcionamento desses órgãos e a eliminação de cálculos biliares e hepáticos em apenas 7 dias, com uma etapa de preparação nos primeiros 6 dias, seguido da limpeza propriamente dita.

Através da limpeza da vesícula e do fígado de toxinas provenientes de alimentos industrializados, produtos de limpeza, poluição, medicamentos e agrotóxicos acredita-se que seja possível amenizar problemas de pele resultantes da tentativa de liberação de toxinas do organismo, dores não esclarecidas na região abdominal ou na cabeça, fadiga, ressecamento de pés ou mãos, mal estar após a ingestão de alimentos específicos e má digestão.

A preparação consiste basicamente em uma dieta com a introdução de substâncias que colaborarão na eliminação de cálculos ou resquícios indesejáveis da vesícula e do fígado. Essa etapa será responsável por preparar o organismo. Durante esses 6 dias é necessário seguir as seguintes recomendações:

 

  • Beber de 6 a 8 litros de água diariamente;
  • Consumir 1 litro de suco de maçã orgânica puro (cerca de 12 maçãs por dia);
  • Ingerir alimentos mornos ou em temperatura ambiente, evitando que estejam frios ou congelados;
  • Evitar carnes de origem animal (ovos são permitidos);
  • Evitar grãos, frituras, industrializados e alimentos ricos em glúten (o arroz é permitido);
  • Evitar açúcar, carboidratos em excesso e doces;
  • Dar preferência a frutas inteiras ao invés do suco das mesmas;
  • Comer com moderação;
  • Utilizar apenas óleo de coco e azeite extra virgem no preparo das refeições;
  • Utilizar apenas sal grosso moído, sal marinho ou sal rosa do Himalaia no preparo das refeições;
  • Evitar o consumo de suplementos e vitaminas durante o processo de limpeza, ingerindo apenas os medicamentos que forem essenciais;

 

No período da dieta é essencial que se faça apenas a ingestão dos alimentos permitidos. No sexto dia, a última refeição deverá ser realizada ás 13:30h, após a ingestão do suco de maçã, do café da manhã e do almoço. Em seguida deve-se ingerir apenas água.

Ainda no sexto dia, deve-se ingerir 50 gramas de Sulfato de Magnésio (Sal Amargo ou Sal de Epson) diluídos em 1 litro de água às 18h e em seguida às 20h. Essa ingestão deverá se estender até o sétimo dia, às 6h e às 8h da manhã. Caso não tenha ocorrido nenhuma evacuação até esse horário, pode-se fazer uso também às 10h.

Às 22h do sexto dia, ingerir 125 ml de azeite extra virgem e 125 ml de limão e laranja espremidos. Misturar esses ingredientes até emulsificar e ingerir de pé, deitando de barriga para cima em seguida, elevando a região abdominal com ajuda de travesseiros. Evacuar sempre que sentir necessidade, utilizando uma peneira para visualizar a eliminação das pedras, caso existam.

Após as 13h do sétimo dia, voltar a ingerir alimentos leves e permanecer dessa forma por 3 dias. Repetir o procedimento uma vez ao mês ou sempre que houver necessidade com um intervalo mínimo de 15 dias.

Com a realização da dieta, seguida da limpeza é provável que no dia seguinte já exista uma sensação de leveza e bem estar. A ingestão do suco de maçã, rico em ácido málico, auxiliará no amolecimento dos cálculos e na expansão dos ductos biliares para a passagem dos mesmos. O Sulfato de Magnésio atuará como um laxante natural promovendo peristaltismo intestinal, juntamente a mistura de azeite extra virgem, suco de laranja e limão.

Diabéticos ou pessoas que apresentem resistência a insulina deverão substituir o suco de maçã por doses de 2 gramas de ácido málico, 3 vezes ao dia, após as refeições, para evitar picos de glicose devido ao açúcar naturalmente presente na fruta. Pacientes com doenças crônicas devem buscar auxílio de profissionais caso optem por realizar a o Protocolo de Limpeza do Fígado e Vesícula. Existem especialistas que atuam frequentemente no acompanhamento desse processo. 

Todas as informações relacionadas a esse assunto são detalhadas em um dos livros mais vendidos de Andreas Moritz “Limpeza do Fígado e da Vesícula: uma poderosa ferramenta de autoajuda para aumentar sua saúde e seu bem-estar”.

Apesar de não haver comprovação científica, a prática já realizada por milhares de pessoas é considerada segura e traz inúmeros benefícios à saúde relatados por seus praticantes. O mais importante ao realizar o protocolo é aplicar uma mudança nos hábitos alimentares posteriormente para que não ocorra a formação de novos cálculos, além de realiza-lo sempre que houver necessidade.

Compartilhar esse arquivo
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Autor

Instituto Ortomolecular

2 pensamentos “Protocolo de Limpeza do Fígado e Vesícula Andreas Moritz

  1. Ayako Makino em 30/11/2019 as 11:36 Responder

    Existe um colega de vcs que orienta fazer essa limpeza começando na lua cheia. Essa regra é obrigatória?

    1. Instituto Ortomolecular em 13/12/2019 as 14:58 Responder

      Olá Ayako, algumas pessoas acreditam que o período mais propicio para expelir é antes da Lua Nova. Nós não temos nenhuma referência bibliográfica sobre esse ponto, então não podemos dizer que essa é uma “regra”. Gratidão pela participação.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados são obrigatórios.